Publicado em

“Todos nós já fomos imigrantes”

Por Gabriela Terenzi

A empresária Sheila Mann identifica, na contribuição à causa dos refugiados, uma retribuição: “Todos nós já fomos imigrantes no Brasil. O mínimo que podemos fazer é retribuir e ajudar os novos”. Sheila, que apoia o trabalho da BibliASPA, conta nesta entrevista um pouco sobre o que a motiva.

A empresária Sheila Mann
A empresária Sheila Mann

Como você conheceu o trabalho da BibliASPA?

Através do prof. Paulo Daniel Farah [presidente da BibliASPA], que fez uma palestra sobre o trabalho da BibliASPA num encontro do meu grupo “As Mulheres do POT”, com mulheres árabes muçulmanas, árabes cristãs e judias que se reúnem uma vez por mês em almoços para confraternizar e exercitar a convivência pacífica entre as religiões.

Como você contribui para a BibliASPA? 

Parte do grupo visitou a BibliASPA e levou roupas para os refugiados.

O que te motivou a contribuir para a causa dos refugiados? Como você vê essa questão?

Na minha opinião, devemos contribuir pra causa dos refugiados, afinal de contas, todos nós já fomos imigrantes no Brasil e fomos sempre acolhidos de braços abertos. O mínimo que podemos fazer é retribuir e ajudar os novos imigrantes.

Como vê a participação de empresários árabes apoiando iniciativas como a da BibliASPA?

Acho importantíssimos a participação e o apoio dos empresários árabes na integração dos refugiados. Estamos falando de seres humanos e temos que entender a situação difícil deles. É uma causa humanitária!


 

Também quer ajudar? A BibliASPA realiza no dia 26/9 o seu I Bazar Colaborativo, para arrecadar recursos que vão custear o transporte de alunos do curso de português para refugiados.

Doe utensílios domésticos, roupas, bijuterias e outros produtos que possam ser comercializados na ocasião (veja nossos contatos abaixo).

E participe com a gente desse dia com diversas atividades culturais relacionadas a várias nacionalidades, incluindo uma palestra sobre a destruição dos templos de Palmyra, na Síria.

BibliASPA – Rua Baronesa de Itu, 639 – Sta Cecília, SP
(11) 99609 3188 – bibliaspa@gmail.com

Publicado em

Palestra “A Destruição dos Templos em Palmyra”

 

A BibliASPA, centro de pesquisa e cultura dedicado a temas árabes, africanos e sul-americanos, convida para a palestra “A Destruição dos Templos em Palmyra”.

A palestra versará sobre a destruição dos templos de Palmyra, localidade ao centro da Síria que é considerada um dos mais importantes sítios arqueológicos do mundo. O evento abordará a importância histórica de Palmyra, seu papel nas rotas comerciais antigas e as consequências nefastas da destruição dos templos do sítio arqueológico.

Palestrante: Dr. Ahmad Serieh, arqueólogo e pesquisador, PhD em monumentos e museus pela Universidade de Varsóvia, lecionou nas universidades de Washington, Roma, Madri e Viena. Foi diretor da Coordenadoria de Museus e Sítios Arqueológicos da Síria.

A palestra será ministrada em inglês e haverá tradução simultânea. Vagas limitadas.

Data: 26/09/2015, às 17h 
Local: BibliASPA – Rua Baronesa de Itu, no 639, Santa Cecília.

Taxa colaborativa em prol dos refugiados: R$ 15,00
(Estudantes do Curso de Língua Árabe estão isentos)

Esta atividade compõe o I Bazar Colaborativo da BibliASPA.

25 vagas, inscrições antecipadas: bibliaspa@gmail.com

Informaçōes: (11) 99609-3188
bibliaspa@gmail.com – http://bibliaspa.org/

 

Palestra Palmyra