Fela Kuti  

(Abeokuta, 15/10/1938 – Lagos, 02/08/1997)

Nasceu na Nigéria, filho de uma feminista atuante no movimento anticolonial e de um pastor protestante. Estudou música em Londres no Trinity College of Music. O cantor foi um dos precursores do Afrobeat, uma mistura de jazz, funk, highlife e cantos tradicionais africanos. Suas canções nunca chegaram a ter grande destaque fora da África, em especial por serem longas-cerca de 10 a 30 minutos-além do fato de se recusar a tocar novamente a mesma música após tê-la gravado. Além de cantor, Fela também desempenhava o papel de ativista político e era um defensor dos direitos humanos.

Música : Army Arrangement

 

Angelique Kidjo

(Cotonou, 14/06/1960)

Cantora nascida no vilarejo de Ouidah, localizado na costa Atlântica da República do Benim. Tem em sua carreira 10 álbuns e diversos jingles, entre eles Gimme Shelter  do álbum Djin Djin, o qual lhe rendeu um Grammy Award de “Melhor Álbum de World Music Contemporâneo” em 2008. Em 2010 lançou um novo cd,  Õÿö, com inspirações no soul e samba, uma de suas faixas foi escolhida para as comemorações da Copa do Mundo FIFA África do Sul 2010, sendo Angélique convidada pela organização para se apresentar no show de abertura ao lado de personalidades e grupos como Shakira, Alicia Keys, John Legend e Black Eyed Peas. Além de seu importante papel na música, a cantora  tem se envolvido com questões ligadas à filantropia, sendo desde 2002 embaixadora da UNICEF e desde 2009 tem realizado campanhas em prol dos “Direitos da Mulher na África”.

Música: Malaika

 

Baba Maal

(Podor, 12/11/1953)

Cantor e guitarrista senegalês nascido no Senegal. Filho de um pescador, decidiu dedicar-se à música por influência de um amigo de família, o guitarrista cego Mansour Seck. Posteriormente passou a estudar música na Universidade de Dakar antes de partir para a pós-graduação com uma bolsa de estudos na Beaux-Arts em Paris. Conhecido na  África e internacionalmente, é provavelmente o mais famoso músico senegalês depois de Youssou N’Dour. Além de violão, ele também toca percussão. Lançou vários álbuns, tanto para grandes gravadoras quanto independentes. Em julho de 2003, foi designado emissário da juventude do PNUD. Baba canta principalmente no idioma Pulaar e é o mais importante promotor das tradições dos povos de língua Pulaar, que vivem em ambos os lados do rio Senegal, no antigo reino senegalês de Futa Tooro.

Música : Yela

 

Amadou e Mariam

(Bamako, 24/10/1954  e  15/04/1958)

Dupla do Mali composta por Amadou Bagayoko (1954), guitarra e vocal e Mariam Doumbia (1958), vocais. O casal conhecido como “O casal cego do Mali” se conheceu no Instituto do Mali para jovens cegos, onde ambos eram membros da Orquestra do Instituto. Amadou perdeu sua visão aos 16 anos, já Mariam é cega desde os 5 anos como consequência de uma rubéola não tratada.

A dupla começou nos anos 80, após se casarem e produzirem uma série de músicas e se mudarem para a Costa do Marfim, em 1986, tornando-se famosa em sua terra natal, momento no qual conheceram Stevie Wonder. Sua música sofre modificações ao longo de sua carreira: nos anos 80 e 90, elas apresentavam arranjos de guitarra e voz, já na década de 90 passa a incorporar ao som tradicional do Mali, guitarras de rock, violinos sírios, trompetes cubanos, e instrumentos egípcios e indianos, sendo seu som caracterizado como um afro-blues.

Música: Sénégal Fast Food

 

Youssou N’Dour

(Dakar, 01/10/1959)

Cantor, percussionista, compositor, ator, empresário e político senegalês, nascido em 1959. Sua carreira teve início no ano de 1979 no conjunto “Étoile de Dakar” atingindo um grande sucesso por toda a África e já em 1991 ele abre sua própria gravadora. O estilo que o fez um dos cantores africanos mais conhecidos em toda a história é uma mistura de rumba, com hip-hop, jazz e soul. A revista “Folk Roots” o descreve como o artista africano do século, sendo  em 2005 contemplado com um Grammy Award. Sua atuação como ativista se dá como embaixador da UNICEF e da Organização Internacional do Trabalho, além da organização de vários concertos em benefício da Anistia Internacional. Ao longo do ano de 2012 N’Dour atuou como Ministro do Turismo e da Cultura do Senegal.

Música: Seven Seconds