Este fórum tem como objetivo observar e analisar a atuação da mídia em temas árabes, africanos e sul-americanos, com a participação da sociedade civil em geral.

Com frequência predomina a abordagem orientalista, na qual árabes, muçulmanos e africanos são descritos com base em estereótipos: irracional, primitivo, sensual, vicioso, violento, cruel, retrógrado e preguiçoso, entre outros. A construção teórica dessas regiões baseada em estereótipos reducionistas tem o intuito de forjar uma cultura homogênea para melhor subjulgá-la; no centro de pesquisa Edward Said, da BibliASPA, este é um dos principais objetos de investigação (saiba mais), com importantes reflexões sobre o Orientalismo e Análise de Discurso.

Nosso propósito é demonstrar se a mídia age com interesse em promover algumas imagens da realidade em vez de outras.

Os meios de comunicação de massa são produzidos, em sua maioria, por empresas privadas cujas abordagens seguem as orientações de seus acionistas ou representantes. O produto jornalístico, no entanto, é um serviço público com responsabilidades sociais.

No Brasil, boa parte da imprensa se limita a reproduzir conceitos e preconceitos de agências internacionais. A reprodução desse discurso traz conseqüências que pretendemos analisar.

Nas últimas décadas, a internet abriu caminho para que autores que não teriam espaço na grande mídia pudessem expressar sua opinião e tecer suas análises.

Aproveite este espaço crítico e envie sua contribuição.

Análises

Violações aos direitos humanos sublimadas pela mídia