A     S     P     A

m    u      a     r

é       l      í      a

r              s      b

i               e     e

c              s      s

a

 

A integração entre a América do Sul e os Países Árabes intensificou-se tanto nos últimos anos que a sigla ASPA (A de América, S de Sul, P de Países e A de Árabes) tem sido amplamente utilizada no meio acadêmico, artístico e político.

A cooperação ASPA (entre América do Sul e os países árabes) gerou frutos em áreas como cultura, educação, economia, ciência e tecnologia, meio ambiente e temas sociais.

Destacam-se, como realizações no processo de aproximação inter-regional, o intenso intercâmbio cultural e educativo estabelecido a partir da constituição da Biblioteca e Centro de Pesquisas América do Sul-Países Árabes (Bibli-ASPA, que vem desenvolvendo diversos projetos, traduzindo livros e organizando exposições, cursos, mostras de cinema, o Festival SACA etc.) e a cooperação técnica na redução dos impactos e no enfrentamento de processos de desertificação e degradação de solos.

A Cúpula América do Sul-Países Árabes (ASPA) é um mecanismo fundado na cooperação Sul-Sul e na coordenação em foros multilaterais, cujo objetivo é aproximar os líderes e as sociedades civis dos países das duas regiões.

A criação do mecanismo ASPA foi proposta pelo Brasil, em 2003.

Integram a ASPA 34 países, entre Estados sul-americanos e árabes.

No âmbito do mecanismo ASPA, é possível citar diversos documentos que destacam a atuação da BibliASPA no fortalecimento da cooperação cultural e educativa entre os países árabes e sul-americanos (ASPA), entre os quais:

Declaração de Riade: Declaração Final da III Reunião de Ministros da Cultura árabes e sul-americanos (abril de 2014)

“Os Ministros da Cultura da América do Sul e dos Países Árabes (ASPA)

Reafirmam seu apoio ao trabalho realizado pela Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul-Países Árabes (BibliASPA), em especial a tradução e a publicação de livros em árabe, português e espanhol por meio de sua editora própria (Edições BibliASPA), cuja expansão é recomendada; o site e as mídias sociais; a documentação e a pesquisa; o intercâmbio cultural e o Programa de Língua e Cultura Árabe, atualmente desenvolvido no Brasil e na Argentina com material didático reconhecido, ao mesmo tempo em que um método de ensino à distância está sendo desenvolvido.

icone livros Parabenizam a BibliASPA por organizar anualmente o Festival Sul-Americano da Cultura Árabe (SACA) desde 2010 e, ao mesmo tempo em que constatam com satisfação que 17 cidades participaram da quinta edição do Festival em 2014, com amplo público e extensa cobertura da mídia, exortam os países da América do Sul e dos Países Árabes (ASPA) a apoiar o Sexto Festival Sul-Americano da Cultura Árabe, a ser realizado em 2015.

icone livros Encorajam a produção e a transmissão de material áudio-visual a fim de estimular e promover o intercâmbio cultural e econômico entre países de ambas as regiões por meio de programas financiados por patrocinadores públicos e privados.

icone livros Dão as boas-vindas à parceria da BibliASPA com a TV Cultura, a maior rede de TV pública do Brasil, para transmitir programas sobre cultura árabe e islâmica e sobre a língua árabe. Exortam todos os países da América do Sul e os Países Árabes (ASPA) a contribuir com essa iniciativa com filmes, documentários e outros materiais, assim como com apoio para tradução e legendagem.

icone livros Felicitam a cidade de São Paulo por acolher o Museu ASPA da Língua e da Cultura Árabe, que está sendo desenvolvido pela BibliASPA para beneficiar estudantes, professores, pesquisadores e a sociedade em geral, com o intuito de promover a cultura de paz, o respeito à diversidade cultural e o pensamento crítico. Reconhecem totalmente a importância de apoiar essa iniciativa, que irá contribuir para a difusão da língua, da literatura e da cultura árabe e para o desenvolvimento da pesquisa nessas áreas, trabalhando em parceria com instituições culturais e educacionais relevantes em ambas as regiões. Exortam os países da América do Sul e os Países Árabes (ASPA) a apoiar essa iniciativa de diferentes maneiras, incluindo doações, a organização de exposições e apoio para o estabelecimento de vínculos mais estreitos com os museus, as instituições culturais e outros mecanismos que possam beneficiar o fortalecimento do Museu da ASPA.

icone livros Criam uma base de dados sobre os campos mais importantes da cultura, com ênfase em eventos e figuras culturais de ambas as regiões, e solicitam que a Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul–Países Árabes (BibliASPA) supervisione o projeto em coordenação com as autoridades concernidas de ambas as regiões.

icone livros Exortam a Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul–Países Árabes (BibliASPA) a ser responsável pela elaboração e implementação de mais programas de tradução com base nas línguas originais, de e para o árabe, o espanhol, o português e o inglês, em colaboração com instituições de tradução árabes e sul-americanas.

 

Declaração Final da Terceira Cúpula de chefes de Estado e Governo da América do Sul e Países Árabes (outubro de 2012)

Os chefes de Estado e Governo da América do Sul e Países Árabes (ASPA) parabenizam a Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul – Países Árabes, a (BibliASPA) pelo importante trabalho que tem desenvolvido na promoção da produção cultural e acadêmica de ambas as regiões, exortando os Estados-membros da ASPA (América do Sul-Países Árabes) a enviar publicações, exposições e professores para a BibliASPA. Notam com grande satisfação, em particular, a realização do Primeiro Festival Sul-Americano da Cultura Árabe (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador, Buenos Aires, 18-31/3/2010); a co-organização da exposição “Islã: Arte e Civilização”, com 350 obras de arte, na maior exposição temática do mundo em 2010; a publicação de diversos livros traduzidos do Árabe para o Português e o Espanhol e vice-versa, bem como a revista Fikr de Estudos Árabes, Africanos e Sul-Americanos; os Festivais de Cinema Árabe e Sul-Americano, com debates, organizados pela BibliASPA, e seu novo site, com seções especiais dedicadas à Educação e à Cultura em árabe, espanhol, português e inglês.

icone livros Também parabenizam a BibliASPA por oferecer o Programa de Língua e Cultura Árabe na sede da BibliASPA em São Paulo e ainda em Curitiba, Rio de Janeiro e Buenos Aires, com apoio essencial de livros em português, espanhol e árabe especialmente desenvolvidos para estudantes de árabe, como a Escrita Árabe: alfabetização, ortografia e caligrafia e Gramática Árabe para Estudantes Sul Americanos; encorajam a expansão desse programa para outras cidades na América do Sul e reiteram a importância de ensinar português, espanhol e árabe, como mencionado na Declaração Final da I Reunião de Ministros da Educação da ASPA (América do Sul e países árabes), que lista, entre seus objetivos, “promover o ensino de árabe, espanhol e português para falantes não-nativos em ambas as regiões” e “reconhecem a importância de apoiar o trabalho desenvolvido pela BibliASPA, que destaca a promoção da língua e da cultura árabe na América do Sul, e exortam os Estados-membros da ASPA (América do Sul e países árabes) a apoiar suas iniciativas futuras”.

icone livros Recordam, além disso, a assinatura de Acordos de Cooperação entre a BibliASPA e a UNESCO. Exortam outros países a seguir esse exemplo e a assinar acordos similares que possam permitir a expansão do acervo bibliográfico, dos cursos de Língua, Cultura e Artes, da tradução de livros e multimídia, das exposições e dos eventos culturais da BibliASPA. Dão as boas-vindas, em especial, à participação dos Estados-membros da ASPA (América do Sul e países árabes) no Segundo e no Terceiro Festival Sul-Americano da Cultura Árabe, que aconteceu em Março de 2011 e 2012, e apóiam o IV Festival Sul-Americano da Cultura Árabe e as celebrações de 10 anos da BibliASPA em 2013.

 

cupula_001