Autor: Paulo Daniel Farah

Editora: Edições BibliASPA

Idioma: Português, Árabe e Espanhol

Número de páginas: 473 páginas

A obra reúne a tradução anotada e o estudo de um manuscrito do século XIX sobre a estada do imã bagdali Abdurrahmán bin Abdullah Al- Baghdádi ad-Dimachqi no Brasil.
Após chegar a bordo de um navio do Império otomano, Al-Baghdádi morou no Rio de Janeiro, em Salvador e Recife ao longo de três anos, de 1865 a 1868.
Redigido em caracteres árabes, o manuscrito contém termos em árabe, turco otomano, persa, grego, francês, português e tupi e constitui o principal documento acerca da situação dos muçulmanos no Brasil no século XIX, especialmente após o levante dos malês (1835). Trata-se também do único registro até agora conhecido de um olhar árabe – e muçulmano – sobre a paisagem tropical e a sociedade multiétnica e multiconfessional que se formava à época no Brasil.