Realizado anualmente no período de 18 a 31 de março, o Festival Sul-Americano da Cultura Árabe tem como objetivo trazer uma reflexão sobre as manifestações culturais árabes e sul-americanas.

 

Grupo de música tunisiano, Nubah-Siqah
Grupo de música tunisiano, Nubah-Siqah

 

A data do Festival não foi escolhida por acaso. Criada em 1859, a Rua 25 de Março congregou sírios, libaneses, palestinos, iraquianos, egípcios e jordanianos entre outros. Por esse motivo que as atrações ocorrem nesse período.

A intenção é fortalecer o vínculo entre América do Sul e Países Árabes com base no respeito à diversidade cultural e nos laços históricos e sociais, além de incentivar a cultura de paz por meio da aproximação dos povos.

 

Oficina de caligrafia árabe no Centro Cultural São Paulo
Oficina de caligrafia árabe no Centro Cultural São Paulo

 

São Paulo é uma cidade bastante diversa culturalmente, possui uma grande variedade de povos imigrantes que localizam- se em diversos bairros e espaços da cidade, como a Liberdade, que é um bairro de japoneses e a Moca dos italianos. Além disso, na Armênia vivem muitos Árabes e no Brás existe uma grande variedade de habitantes originários da Bolívia, Chile, Paraguai, Coréia, China e de Países Árabes, do mesmo modo que também acontece na Rua 25 de março.

 

Contação de histórias com o grupo Duo Encantado
Contação de histórias com o grupo Duo Encantado

 

Por isso, projetos como os que desenvolvemos são de extrema importância para o bem-estar social e cultural do nosso país, pois buscam familiarizar culturas, permitindo que as pessoas entendam e convivam melhor com as diferenças e trazendo a alteridade para seus ambientes sociais.

 

Visite o BLOG e o FACEBOOK do Festival e saiba mais!