Quem viaja por países árabes encontra pelo caminho elementos que remetem ao que se conhece por mundo árabe: um estilo de arquitetura típico, um traço peculiar na fisionomia dos habitantes locais, uma natureza própria que consagra a paisagem. Mais do que isso, comportamentos e hábitos da população, cheiros e sabores, experiências culturais que fazem o viajante entender a região e se sentir de fato imerso ali.

Foi o que Gabriela Lian procurou quando percorreu Egito, Jordânia e Palestina: identificar os detalhes que remetem àquele universo. Em todas as regiões que percorreu observou o uso do véu entre as mulheres e a vestimenta dos homens, a expressividade das pessoas, as formas de comunicação, os sotaques e as expressões linguísticas.

 

 

Visite o acervo no Espaço BibliASPA!