caprichos e relaxos

Livro: Caprichos e relaxos

Autor: Paulo Leminski

“A estrela cadente
me caiu ainda quente
na palma da mão”

Síntese

Paulo Leminski, tinha como característica a poesia curta. Seus poemas iam do Hai Kai à poesia concreta sem nenhum preconceito. Sua poesia é crua e direta, mas com uma boa pitada de bom humor. Se o leitor espera encontrar poesia melosa em seus escritos perde o seu tempo, sua poesia vai do coloquial ao formal. Leminski gosta da poesia do cotidiano e dos hábitos  de sua época; são poemas escritos para o presente, mas com o olhar para o futuro e por isso continua tão atual.