a-CONVITE-DAS-PALAVRAS Dica por Ana luisa

Título: A convite das palavras: motivações para ler, escrever e criar

Autor: Jorge Miguel Marinho

Editora: Biruta

Ano: 2009

 

Epígrafe 

É preciso entender de uma vez, aceitar e acolher que o sentido da leitura se oferece como experiência imperdível para todos, mas que ler – e sobretudo ler livros de literatura – é vivência intersubjetiva, ressonância íntima, apelo interior entre aquele que lê e o objeto da sua leitura, o que resulta como matéria ou experiência de conhecimento que transita também no território do acaso. Não existem poemas, contos, novelas, romances, crônicas exemplares para atender, atrair ou motivar todas as expectativas de leitura de todos os leitores. (p.29)

Sobre a obra

Com experiência de professor de Língua Portuguesa e de Literatura Brasileira por mais de trinta anos nos ensinos fundamental, médio e superior e de autor de mais de trinta livros especialmente destinados a crianças e jovens, Jorge Miguel Marinho aproximou estes dois domínios de forma muito feliz.

Ele se revela neste estudo centrado na práticas de leitura e produção de textos como um sensível cronista da educação, apostando que a leitura, a escrita e a criação podem caminhar juntas e igualmente contribuir para que o discurso pedagógico e o ensino sejam mais lúdicos, num harmonioso casamento entre conhecimento e prazer. Esse leitor-escritor convida nessa obra os interessados na arte da palavra para um diálogo informal, inquietante e até poético, elegendo a Literatura como material privilegiado para apoiar os formadores de leitores e igualmente formar novos leitores, desde que “a arte literária seja entendida como linguagem amorosamente trabalhada a serviço da vida e da motivação estética que faz parte de todos nós”.

Por estes componentes de estudioso e apaixonado investigador da natureza das palavras, Marinho faz deste livro um tributo ao livro como objeto singular que impõe uma atenção e um interesse particularmente específicos, oferecendo-se como experiência que aproxima a lógica da aprendizagem com o imaginário da criatividade, percorrendo gêneros, motivos e situações presentes no universo imperdível da leitura, da escrita e da criação.

Não por acaso, este conjunto de artigos, ensaios e crônicas que pontua e revela a singularidade, as motivações e os atrativos do texto literário e da arte dos escritores, à luz do território da educação, tem por título A convite das palavras, e as palavras de Marinho convidam mesmo os mais diversos segmentos de leitores para uma leitura não menos que motivadora deste livro que é ponto de partida para ver e rever os caminhos do ensino e da aprendizagem das palavras com olhos de quem acolhe a crítica aliada à criação como parceiras e auxiliares inestimáveis na arte da Educação.

Sobre o autor

Jorge Miguel cursou Letras e mestrado na USP, é professor de Literatura, coordenador de oficinas de criação literária, roteirista e ator. Pela Editora Biruta publicou os livros Uma História, Mais Outra e Mais Outra e Lis no Peito. Este último foi premiado em 2006 pela CBL com o Jabuti de melhor livro juvenil do ano e projeto gráfico, pela FNLIJ com o prêmio Orígenes Lessa de melhor livro juvenil do Ano 2006, e pela Biblioteca de Munique recebeu o Prêmio White Ravens 2006, e o Selo Altamente Recoméndavel da FNLIJ 2006. Publicou também pela Editora Biruta A Visitação do Amor, Na Curva das Emoções e A Maldição do Olhar em 2008.

MARINHO, Jorge Miguel. A convite das palavras: motivações para ler, escrever e criar. São Paulo: Biruta, 2009.