Infelizmente, crescem as manifestações de intolerância no Brasil e no mundo. Situações de  preconceito, xenofobia e racismo contra imigrantes e refugiados incluem discursos de ódio em mídias sociais, agressões verbais e físicas.

 Como combatemos intolerâncias, racismo e xenofobia?

  • Promovendo conscientização por meio de palestras, debates, rodas de conversa, seminários, publicações, exposições e ações culturais;

  • Mostrando o patrimônio intelectual e cultural dos refugiados e como esse arcabouço beneficia o Brasil, renovando as artes brasileiras e tornando o País mais multilíngue e diverso;

  • Organizando reuniões e ações a favor dessa integração: destaca-se o Movimento em Prol de Imigrantes e Refugiados, fundado na Bibli-ASPA. Toda semana, integrantes desse movimento (em parceria com Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Ministério Público Democrático etc.), que inclui juízes, promotores, procuradores, advogados, professores, assistentes sociais etc., reúnem-se para pensar coletivamente em estratégias de acolhida, integração, educação, inserção no mercado de trabalho e acesso a serviços públicos.