Publicado em

Lançamento do livro Pindoraminhas

Livro Pindoraminhas

O escritor Raduan Nassar, filho de imigrantes libaneses e que viveu em Pindorama, está sendo homenageado nesta obra, criada para celebrar os 89 anos de emancipação político-administrativa do município de Pindorama. O lançamento será no dia 28/11/15, às 17h, no Espaço BibliASPA, em SP.

 Pindoraminhas é uma coletânea de múltiplos gêneros: crônicas e poemas de métricas ousadas e convencionais.  O título homenageia Pindorama, cidade natal dos autores, todos formados pelas lições da mestra Sylvia Jorge de Almeida Martins. Meninos, que um dia deixam a cidade, mas voltam narrando, poetando, denunciando. Resgatam as vozes, os rostos, as vicissitudes que fizeram da cidade um campo fértil para a construção de uma memória, mais que isso, para uma morada de afetos. São os laços de vivências afins que motivam os autores a se dedicar à empreitada da escrita e a dar vida aos tipos, aos acontecimentos, aos registros que compõem as faces da cidade.

É verdade que ali não lhes faltaram modelos exemplares: Sylvia, pelo compromisso com a aprendizagem; Raduan Nassar, pindoramense como os autores, pelo alcance arquetípico de sua obra. Lavoura Arcaica, de Raduan, será sempre um marco a instigar discípulos ao exercício sempre áspero e delicado da escrita. Por essa razão, Pindoraminhas é dedicado a Raduan Nassar.

A obra foi escrita com a única fidelidade de agregar os autores em torno de experiências compartilhadas e contou com o patrocínio do pindoramense Vanderlei Calejon. Os recursos obtidos por meio da sua comercialização serão destinados à casa de acolhida dos pacientes com câncer de Pindorama.

Yvone Dias Avelino, coordenadora do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade, da PUC-SP, escreve no prefácio de Pindoraminhas: “Trata-se de empreitada prazerosa; a singularidade dos textos nos remete a um pensamento que, às vezes, nos tira do mundo acadêmico e nos deslumbra pela beleza e sinceridade de suas produções variadas.”

Integram a obra os autores: Alexandre Penteado Vilar Felix, Ceminha Siqueira Canhamero, Dayher Bernardo da Silva Giménez, Douglas Ribeiro Simões, Eugênio Benito Junior, José Italo Scatena, Luiz Borsato, Maria da Graça Almeida, Maria Ivoneti Busnardo Ramadan, Newman Ribeiro Simões, Rosalie Gallo Y Sanches, Rosamaria Scatena Siqueira Ferreira e Sylvia Jorge de Almeida Martins.

SERVIÇO

O que: Coquetel de lançamento do livro Pindoraminhas

Quando: 28/11/15, das 17h às 19h

Local: Espaço BibliASPA – Rua Baronesa de Itu, 639 –Sta. Cecília, SP

Informações: (11) 99609 3188

Pindoraminhas
Newman R.Simões- editor
218 páginas
R$ 35,00

Publicado em

Lakitas da BibliASPA

208838_1017364992362_2157_n

Oficina de música andina capacitará mulheres para a criação de uma apresentação a ser exibida durante o Bazar Intercultural em prol de refugiados da BibliASPA que ocorrerá nos dias 05 e 06 de dezembro, em SP.

A base musical que irá formar este grupo será com instrumentos de sopro (Lakas), também conhecidos como zampona. O grupo será composto por sopradoras que executarão esses instrumentos, em pares ou grupos, para construir entre eles uma só melodia. Para enriquecer a sua sonoridade, outros instrumentos de percussão poderão ser acrescidos tais como o bumbo, a caixa e prato de choque (Chimbal). As integrantes são denominadas de laka ou lakitas, um movimento que teve origem no Chile e que rompeu com mitos tradicionais de que a mulher não poderia tocar instrumentos de sopro.

unnamed

Na BibliASPA esta oficina, a ser conduzida por Mariela Loreto Pizarro Sippa, também esta sendo criada com o objetivo de produzir uma apresentação modesta a ser exibida durante o Bazar Intercultural em prol de refugiados da BibliASPA que acontecerá  nos dias 05 e 06 de dezembro, em SP. E prosseguir, se o grupo assim desejar.

◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦

SERVIÇO

O que: Oficina de música andina – Lakas – aberta a todas as mulheres

Quando: dias 07,  14,21 e 28 de novembro, das 12h10 às 14h50

Investimento: R$ 60,00

Inscrições: bibliaspa@gmail.com

Informações: (11) 99609 3188 (de terça a sábado das 10h às 19h).

Número de vagas: 20

◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦◊♦

Mariela Loreto Pizarro Sippa é graduada em educação geral básica na Universidad Viña del Mar, Chile. Iniciou seus estudos musicais na região de Antofagasta, Chile no Liceo Experimental Artístico, obtendo a especialidade em Flauta transversal no ano de 1996. Em 1999 ingressou no Instituto de Música da Pontifícia Universidad Católica de Valparaíso, concluindo o Ciclo Básico em 2003. Desde 2002 participa de diferentes grupos musicais, tais como Wataflayer, Lakitas Matriasaya e Ensamble Trasatlántico de Folk Chileno, todas elas tendo como sua principal característica a produção musical com influência folclórica e tradicional latinoamericana. O que exigiu intensa dedicação em pesquisa de diferentes culturas, gerando um trabalho de recompilação de obras populares, assim como a transcrição para partitura e difusão da tradição e cosmovisão andina. Em 2012, sob sua regência e direção musical, o grupo Lakitas Matriasaya lançou seu primeiro álbum. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Educação Artística, trabalhando como professora de flauta transversal em diversas entidades educacionais, tanto privadas como públicas.