Serviços

Fazemos tradução, editoração, cursos, desenvolvimento de projetos educativos e culturais, curadoria de exposições e mostras etc.

Últimas Notícias

Ciclo de debates e palestras online promove reflexão sobre educação, pesquisa e direitos humanos no século XXI

Bibli-ASPA é parceira da inciativa, que permitirá debate entre estudantes, pesquisadores e professores Por: Livia Nascimento A Bibli-ASPA é parceira …

Brasil tem 43 mil pessoas reconhecidas como refugiadas atualmente

No primeiro semestre deste ano, o número de refugiados no País aumentou sete vezes Por: Mariana Dib Segundo o Relatório …

Bibli-ASPA recruta voluntários de comunicação

A Bibli-ASPA sempre esteve engajada em uma série de trabalhos sérios e responsáveis junto a refugiados, e nesta pandemia não …

USP promove formação e apoio a refugiados

O Curso de Língua Portuguesa e Cultura Brasileira, promovido pela USP e pela Bibli-ASPA, vem atendendo refugiados e imigrantes, de …

Sobre a Bibli-ASPA

Instituição sem fins lucrativos, a Bibli-ASPA é um centro de pesquisa, cultura e ações sociais que depende de apoios diretos e indiretos para desenvolver atividades de formação, reflexão e conscientização acerca de povos africanos, árabes e sul-americanos e de refugiados e imigrantes de qualquer nacionalidade.

São realizados diversos projetos para toda a sociedade civil, como cursos, palestras, debates, exposições, mostras de cinema, teatro, música e dança. Mas o destaque é o Programa para Refugiados, que atende 300 refugiados de mais de 40 nacionalidades por semana, por meio do ensino da língua portuguesa e cultura brasileira, além de outras formações, o oferecimento de alimentação, transporte, roupas e assistência jurídica e social, a tradução de documentos e o apoio para a inserção no mercado de trabalho e o acesso a serviços públicos. Tudo de forma totalmente gratuita.

Também oferecemos o Programa de Idiomas e Culturas por Refugiados para a sociedade brasileira, que aprende francês, árabe, inglês e espanhol, com a intervenção de cultura africana, árabe, sul-americana, magrebina ou haitiana. Esses cursos geram renda para os refugiados e conhecimento para a sociedade brasileira.

Possuímos, ainda, uma editora própria, Edições BibliASPA, que objetiva a difusão de saberes em suas publicações.

Se você vê essas iniciativas como fundamentais para o processo de desenvolvimento da cultura de paz, contribua conosco.