Serviços

Fazemos tradução, editoração, cursos, desenvolvimento de projetos educativos e culturais, curadoria de exposições e mostras etc.

Últimas Notícias

Apoio emergencial a grupos vulneráveis na pandemia do Coronavírus

  Muitos imigrantes, refugiados e moradores em situação de rua, por causa de suas condições sociais e econômicas, estão ainda …

Coronavírus: campanha promove apoio emergencial a refugiados e outros grupos vulneráveis nesta pandemia

(Foto: Agência Brasil) A Bibli-ASPA está arrecadando alimentos, produtos de higiene e verba para esses grupos; participe! Muitos imigrantes, refugiados …

Histórias de refugiados: o amor de infância no Mali que só se concretizou no Brasil

Prometidos na infância e separados pela distância 10 anos depois, casal consegue se reencontrar no Brasil, onde acontece o primeiro …

Bibli-ASPA publica carta aberta contra a saída do Brasil do Pacto Global de Migração

Imagem: Fernando Fileno/Bibli-ASPA Na última quarta-feira (9), por meio de uma mensagem no Twitter, o presidente eleito do Brasil Jair …

Sobre a Bibli-ASPA

Instituição sem fins lucrativos, a Bibli-ASPA é um centro de pesquisa, cultura e ações sociais que depende de apoios diretos e indiretos para desenvolver atividades de formação, reflexão e conscientização acerca de povos africanos, árabes e sul-americanos e de refugiados e imigrantes de qualquer nacionalidade.

São realizados diversos projetos para toda a sociedade civil, como cursos, palestras, debates, exposições, mostras de cinema, teatro, música e dança. Mas o destaque é o Programa para Refugiados, que atende 300 refugiados de mais de 40 nacionalidades por semana, por meio do ensino da língua portuguesa e cultura brasileira, além de outras formações, o oferecimento de alimentação, transporte, roupas e assistência jurídica e social, a tradução de documentos e o apoio para a inserção no mercado de trabalho e o acesso a serviços públicos. Tudo de forma totalmente gratuita.

Também oferecemos o Programa de Idiomas e Culturas por Refugiados para a sociedade brasileira, que aprende francês, árabe, inglês e espanhol, com a intervenção de cultura africana, árabe, sul-americana, magrebina ou haitiana. Esses cursos geram renda para os refugiados e conhecimento para a sociedade brasileira.

Possuímos, ainda, uma editora própria, Edições BibliASPA, que objetiva a difusão de saberes em suas publicações.

Se você vê essas iniciativas como fundamentais para o processo de desenvolvimento da cultura de paz, contribua conosco.